maio 2012

Autor bissexto, memorialista singular, ourives da narrativa: Pedro Nava tem seu lugar reservado na história da literatura brasileira como muitos em um só.

“A gente pode ensinar todo o tipo de técnica narrativa. Só não pode ensinar o momento em que há alguma coisa dentro da gente que mostra que aquilo deu certo.”