Prateleira

dezembro 2014 / Segunda pedra

#Exclusivo no Site

Segunda pedra

Precisa haver sentido em tudo? Há uma mania de ver intenção em tudo. Talvez um charuto seja apenas um charuto. […]

Precisa haver sentido em tudo? Há uma mania de ver intenção em tudo. Talvez um charuto seja apenas um charuto. Quando os e-mails começaram a se desencontrar, porém, a máxima do pai da psicanálise foi por água abaixo. Se a relação permanecesse virtual, acabaria se desgastando — além do mais, ele foi tão seco naquela mensagem pela manhã e já houve tantos desencontros. A continuidade, enfim, depende do encontro improvável, mas fatídico, da sexta-feira.

Print Friendly