Prateleira

maio 2018 / Fazendas ásperas

#Exclusivo no Site

Fazendas ásperas

Geny Vilas-Novas 7 Letras 212 págs. “Por mais que a arte tente inovar, a vida surpreende” — é o que […]

Geny Vilas-Novas
7 Letras
212 págs.

“Por mais que a arte tente inovar, a vida surpreende” — é o que pondera a narradora deste romance memorialístico. Entre o passado numa fazenda do interior, em Rio Branco (MG), e o presente, Geny Vilas-Novas nos apresenta a Mãe, o Pai, a Nora, entre outros, à medida que a narrativa avança, num livro que dialoga com sua obra precedente. É na alternância entre tempos e situações, memória e ficção que a autora vai compondo o painel literário de toda uma existência, com cada capítulo trazendo como epígrafe um haicai do japonês Matsuo Basho.

Print Friendly