Prateleira

fevereiro 2019 / Eufrates

#Exclusivo no Site

Eufrates

André de Leones José Olympio 392 págs. A exemplo da estrutura que utilizou nos romances Terra de casas vazias (2013) […]

André de Leones
José Olympio
392 págs.

A exemplo da estrutura que utilizou nos romances Terra de casas vazias (2013) e Como desaparecer completamente (2010), o goianiense radicado em São Paulo André de Leones cria uma narrativa fragmentada, que se multiplica por diferentes tempos e espaços, tendo Jonas e Moshe como personagens centrais. Ao partir de acontecimentos no eixo Brasil-Israel entre os anos de 1991 e 2013, Leones usa como matéria-prima pessoas comuns e suas contradições para contar uma história de amizade, chegando ao íntimo das personagens através de acontecimentos mundanos.

Print Friendly