Prateleira

setembro 2019 / Escrever sem escrever — Literatura e apropriação no século 21

#Exclusivo no Site

Escrever sem escrever — Literatura e apropriação no século 21

Leonardo Villa-Forte Relicário 219 págs. Neste ensaio dedicado “à capacidade da literatura de se colocar em perigo e duvidar de […]

Leonardo Villa-Forte
Relicário
219 págs.

Neste ensaio dedicado “à capacidade da literatura de se colocar em perigo e duvidar de si mesma”, escritores, artistas e poetas contemporâneos servem de matéria-prima para Leonardo Villa-Forte colocar em xeque a noção — muitas vezes tão cara — de originalidade na escrita. A partir de reflexões de nomes como Kenneth Goldsmith, Marjorie Perloff, Fred Coelho e Mauro Gaspar, o autor se embrenha nas tendências mais recentes das artes e busca ressignificar noções engessadas pelo senso comum.

Print Friendly