Prateleira

setembro 2018 / Condenados à vida

#Exclusivo no Site

Condenados à vida

Raimundo Carrero Cepe 664 págs. Escrito ao longo de 30 anos, Condenados à vida expõe a derrocada de uma família […]

Raimundo Carrero
Cepe
664 págs.

Escrito ao longo de 30 anos, Condenados à vida expõe a derrocada de uma família aristocrática da economia açucareira, reunindo quatro romances do pernambucano Raimundo Carrero — Maçã agreste (1989), O amor não tem bons sentimentos (2007), Somos pedras que se consomem (1995) e Tangolomango (2013). A trama, encabeçada por Ernesto Cavalcante do Rego, um macho ancestral e inescrupuloso, funciona como uma contundente crítica político-social à elite nordestina e suas barbáries.

Print Friendly