Prateleira

julho 2019 / Brasas ardentes na ponta dos dedos

#Exclusivo no Site

Brasas ardentes na ponta dos dedos

Lenita Estrela de Sá 7Letras 121 págs. A literatura que se apega demais à forma pode se esgotar rapidamente. Se […]

Lenita Estrela de Sá
7Letras
121 págs.

A literatura que se apega demais à forma pode se esgotar rapidamente. Se o preciosismo formal virou uma espécie de tendência, porém, ainda há quem situe contos em espaços específicos, crie conflitos — tão intrínsecos à natureza humana — e faça com que seus personagens enxerguem o Outro, não mais absortos num narcisismo pós-industrial. É o caso de Brasas ardentes na ponta dos dedos, que traz 14 narrativas profundamente humanas.

Print Friendly