Prateleira

agosto 2013 / A poesia (r)esiste

#Exclusivo no Site

A poesia (r)esiste

Em seu livro de estréia, o poeta usa desde as formas clássicas, como os sonetos decassílabos e as redondilhas, até […]

Em seu livro de estréia, o poeta usa desde as formas clássicas, como os sonetos decassílabos e as redondilhas, até criações mais livres e inusitadas, interagindo com a disposição dos versos na folha do papel. Dividida em quatro partes — “Meus outros versos”, “Traduzir-se”, “Sobre isto” e “Dinversão” —, a obra se debruça sobre o lirismo e o humor.

Print Friendly