Dom Casmurro

fevereiro 2015 / Dom Casmurro / Poemas de Nelson Alexandre

Texto publicado na edição #178

Poemas de Nelson Alexandre

POETA LOCAL Eu mando poemas para ela Como também mando lamúrias Em vozes engarrafadas destinadas ao seu endereço Que são […]

> Por RASCUNHO

POETA LOCAL

Eu mando poemas para ela
Como também mando lamúrias
Em vozes engarrafadas destinadas ao seu endereço
Que são recebidas como chuva no deserto
No oco da criação

Ela me compreende em minha insignificante
Trajetória de poeta local
Ela me estimula a ferir os tendões de Platão
Rasgar a preciosidade anacrônica de Homero
Jogar o salva-vidas para Camões
Duvidar da idoneidade dos títulos e prêmios
Ao abrir sua biografia caseira
Como quem abre uma lata de atum
Num convite mediterrâneo
Para comer
O âmago de sua vida

Ela me intitula de “meu querido Rocky”
Me incentiva a incendiar a cripta em construção
Da minha escrita local
O “escritor maringaense” vira universal
Quando ela pede garra
Pede para que meus poros sangrem
Que a hecatombe principie no horizonte da nossa cidade
E que sejamos
Maiores do que ela.

Sentados olhando para os postais da Ilha do Mel
Eu me sinto uma espécie de poeta local abençoado
Pois a cada significativa permissão que tenho para poder amá-la
Não me sinto mais um excomungado
Pela vida e pela fé
Quando ela me dá sinal verde para a carne e para o amor
Eu reinvento a própria crença
Ao constatar que
Somente a essa mortal
Devo me curvar.

>>>

À GAROTA QUE OUVE THE POLICE

Antes que o tempo me faça
Nau dos homens
Sem bússolas
Aparecerá na orla
Da praia
Gárgulas fantasmas
Unificando
O real e o irreal

Assim
Náufrago
Deitado sobre a areia da esperança
A minha busca será você
Liberdade
Que nunca tive
Urdindo seu nome
Pelos quatro cantos do mundo
Eternamente
Silenciosamente.

Print Friendly

Nelson Alexandre

Nelson_Alexandre

Nasceu em Maringá (PR). É autor de Paridos e rejeitados (contos, 2012) e Poemas para quem não me quer (poesia, 2013). Integra a coletânea 101 Poetas Paranaenses, organizada por Ademir Demarchi e publicada pela Biblioteca Pública do Paraná em 2014.