Dom Casmurro

março 2019 / Dom Casmurro / Patrícia Lavelle

Texto publicado na edição #227

Patrícia Lavelle

Três poemas de Patrícia Lavelle

> Por Patrícia Lavelle

Filomela

I
A-melódica música
que me falta
e faz
aquém e além da língua
o corte:
canto que ecoa mudo:
fluxo e fio.

II
Não canto.
Minha voz é essa falta
que trans
borda:
imagens costuradas
na pele fina
do pensamento
Música muda

Há música demais
no pensamento

As ideias dançam
no ritmo dos passos

O corpo assim se curva ao que dele
vem
e entretanto
também vai
além
Onde?

Encosto a cabeça no teu peito
e ouço o imenso
horizonte líquido do tempo

Neste mesmo gesto
escuto e entendo: pergunto

O corpo é barco e oceano

onde, o marinheiro?

Print Friendly