Fábulas urbanas

Por MÁRCIA LÍGIA GUIDIN

Em “Os vivos e os mortos”, José Rezende Jr. investe no registro da perversão, da maldade e na imperfeição dos sujeitos