203

Raymundo Netto, autor de Crônicas absurdas de segunda

Crônicas sobre o talento cearense (2)

Por RINALDO DE FERNANDES

Crônicas absurdas de segunda é uma seleção de crônicas que Raymundo Netto publicou no jornal O Povo, de 2007 a 2010

Donald Justice, Poeta americano

Poemas de Donald Justice

Por André Caramuru Aubert

Seis poemas de Donald Justice

Rodrigo Melo Franco de Andrade, autor de 
Velórios

Excesso de benevolência

Por RODRIGO GURGEL

“Velórios”, de Rodrigo Melo Franco de Andrade, contou com apoio entusiasmado de grandes nomes da literatura brasileira

Nara Vidal, autora de A loucura dos outros

Em carne viva

Por LÍVIA INÁCIO

“A loucura dos outros” questiona a superficialidade da moral que rege o mundo e os papéis desiguais conferidos a homens e mulheres

Jose_Luiz_Passos_8_Marcelo Tabach_203

Ensaios de república

Por Daniel Falkemback

“O marechal de costas”, de José Luiz Passos, nos mostra a república defendida pelo marechal Floriano Peixoto

John Williams, autor de Butcher’s crossing

Faroeste realista

Por BRENO KÜMMEL

Protagonista de “Butcher’s crossing” depara o tempo todo com um mundo que muito pouco corresponde as suas expectativas

Futhi Ntshingila, autora de Sem gentileza

Sem medo de final feliz

Por GISELE EBERSPÄCHER

“Sem gentileza”, da sul-africana Futhi Ntshingila, apresenta uma história sobre sobrevivência e superação

Goethe_203

Anos de aprendizagem

Por CLAYTON DE SOUZA

“Conversações com Goethe” em seus últimos anos de vida é manancial inesgotável de sabedoria

Wislawa Szymborska, autora de Um amor feliz

Pequena prosa em versos

Por RAFAEL ZACCA

Coletânea apresenta ao público brasileiro uma “Wislawa Szymborska” fascinada pelas coisas comuns

Saša Stanišić, autor de Antes da festa

Belo mosaico

Por Júlia Stella Mastrocola

“Antes da festa”, de Saša Stanišić, é uma mistura de capítulos curtos, que abarcam a fábula, o conto de fadas e a crônica

Leyla Perrone-Moisés, autora de Mutações da literatura no século XXI

A permanência necessária

Por Marcos Hidemi de Lima

Em “Mutações da literatura no século XXI”, Leyla Perrone-Moisés mostra que a literatura continua viva e imprescindível

Ilustração: Matheus Vigliar

Sobre ficção e utopia

Por Ricardo Azevedo

No ambiente complexo e assustador em que vivemos, a literatura é vista como uma inutilidade