181

Poética do anacronismo

Por NELSON DE OLIVEIRA

Cinco anos atrás emprestei meu exemplar de Solaris a um oficinando e ambos desapareceram na curva da rodovida. Não me […]

631_01

No centro do verso

Por LUIZ HORÁCIO

Traduzir o poema, de Álvaro Faleiros, é imprescindível a quem se interessa pelos labirintos da tradução de poesia

Antonio_Gamoneda_181

Antonio Gamoneda

Por RASCUNHO

Tradução e seleção: André Caramuru Aubert Antonio Gamoneda (Oviedo, 1931) é um dos mais celebrados poetas espanhóis vivos. Muitas vezes […]

Ilustração: Tereza Yamashita.

Machado de Assis & Guimarães Rosa – Gigantes maiores do que a TV e o cinema? (1)

Por FERNANDO MONTEIRO

Não é nenhum fato extraordinário que as iniciativas de adaptação de livros para o cinema priorizem os clássicos de cada país ou cultura.

Thiago_Mattos_casa_devastada_181

A construção de uma ruína

Por ANDRÉ ARGOLO

Os poemas de Casa devastada, de Thiago Mattos, funcionam também como uma narrativa

legiaocapa

Um dia de mormaço pela Conde da Boa Vista

Por RAIMUNDO CARRERO

Para alcançar o equilíbrio entre a realização artística e o conteúdo social para o qual é solicitado, é necessário que […]

O_Homem_bumerangue_alta__44007_zoom

Insossa estreia

Por RODRIGO CASARIN

Contos de O homem bumerangue, de Téo Lorent, não chegam a incomodar, mas estão longe de empolgar

Ilustração: Fábio Abreu.

Encontro no porão

Por RASCUNHO

por B. Kucinski   — Me disseram que aqui mataram meu pai. — Quem foi que te disse? — Minha […]

Juan_Marse_181

Sonhar acordado: realidade ou ficção?

Por RODRIGO CELENTE

Em Caligrafia dos sonhos, o espanhol Juan Marsé alcança o grau máximo na excelência de narrar

Ilustração: Fábio Abreu.

Secos e molhados

Por RASCUNHO

por B. Kucinski     Sua aparência era em tudo banal. Seu rosto era desses que se esquecem facilmente, de […]

Jim Anotsu. Foto: Divulgação.

Ela pode ser o que quiser

Por ARTHUR TERTULIANO

Rani e o sino da divisão, de Jim Anotsu, é quase um diário, com direito a notas laterais e glosas a título de comentário

Dana_Gioia_181

Dana Gioia

Por RASCUNHO

Tradução de Marcelo Reis de Mello   O LUNÁTICO, O AMANTE E O POETA Nossas fábulas são falsas ou verdadeiras, […]