163

Lembranças despassaradas

Por AFFONSO ROMANO DE SANT'ANNA

01.05.2001 Aeroporto de Lisboa: catorze horas do Rio à Ilha da Madeira para um encontro sobre culturas do Atlântico, onde […]

Wladimir-Kaminer

Crônicas de imigrantes

Por GISELE EBERSPÄCHER

Um boato de que a Alemanha Oriental estaria aceitando imigrantes judeus vindos da União Soviética para compensar a não participação […]

Ilustração: Bruno Schier

O filho tardio de Alencar

Por RODRIGO GURGEL

No ensaio que dedica a Alcides Maia em Prosa dos pagos — 1941-1959, Augusto Meyer afirma, logo no primeiro parágrafo, […]

Alexandre_Faria_163

Silêncio e caos

Por VILMA COSTA

Venta não, de Alexandre Faria, reúne noventa poemas subdivididos em dois grupos. O primeiro, “tudo muito sempre”, possui oitenta e […]

Peter_Ferry_Crônicas_viagem_163

Viagem a lugar nenhum

Por RODRIGO CASARIN

Antes dos holofotes da cena literária se voltarem para Paulo Coelho, Luiz Ruffato e a polêmica das biografias, um tema […]

Silviano Santiago. Foto: Matheus Dias/Rascunho

No mar da literatura

Por PATRICIA PETERLE

Cidade do México e, mais ao norte, Querétaro e San Miguel de Allende. Há poucos dias deixei o Brasil, mas […]

sv_b&w_150x202

Erudição e pretensão

Por LUIZ HORÁCIO

Um livro de leitor. De leitor exigente — lado A. Um livro de professor. De mestre em radicalismos — lado […]

Milton Hatoum por Osvalter

À espreita de um cronista

Por CRISTIANO RAMOS

Reunião de crônicas “Um solitário à espreita” é leitura de pouca força, aquém da obra de Milton Hatoum

Luiz Sérgio Metz, autor de Assim na terra

Eliot no pago

Por MARIA CÉLIA MARTIRANI

O romance Assim na terra, de Luiz Sérgio Metz, bem poderia ser intitulado “Viagem ao Sul” ou, quem sabe, “Veredas […]

Noveleletas CURVAS

À beira da oralidade

Por HARON GAMAL

Noveleletas, de João Paulo Vereza, segue na trilha de uma literatura brasileira original. Com cinco pequenas novelas, sendo quatro delas […]

John Banville

O jogo de Black

Por MAURÍCIO MELO JÚNIOR

Mais do que a solução de um crime, romance policial de Benjamin Black mira uma prosa rica e o retrato de Dublin

Jogando o jogo da tradução

Por EDUARDO FERREIRA

Rolando Barthes dizia que o texto pratica o recuo infinito do significado. Não entrega fácil. Não há entrega, só luta, […]