160

“Manter-se preso a um estilo significa ficar preso ao passado.”

Livre do passado

Por MÁRWIO CÂMARA

Exclusivo no site

Eterno paesano

Por CLÁUDIO PORTELLA

Exclusivo no site

RABISCO_Wiesner_Dinossauros_adestrados_160

Prateleirinha_agosto_2013

Por RASCUNHO

A árvore: entre caminhos Janaina Tokitaka Escarlate 128 págs. Na primeira parte da trilogia da escritora paulistana, acompanhamos as aventuras […]

EU_RECOMENDO_planeta_macacos_160

O planeta dos macacos

Por RASCUNHO

“Qual não foi o soco que tomei no estômago ao assistir, aos doze anos, ao filme O planeta dos macacos? […]

Sidney Rocha

Retroescrever

Por RASCUNHO

Nascido em Juazeiro do Norte (CE) e radicado no Recife (PE), foi na sua cidade natal, em 1976, que Sidney […]

Eucanaã Ferraz por Tiago Silva

A sombrinha e o equilibrista

Por VILMA COSTA

Sentimental,de Eucanaã Ferraz, é um conjunto de cinqüenta e sete poemas organizados em torno de um título intrigante e que […]

Uma vida em egoísmo

Por FERNANDO MONTEIRO

Agora, ele defrontava o vasto nada — no pequeno escritório. Às vezes, diante da secretária que não compreendia nada (e […]

Jaime_Ginzburg_literatura_violência_melancolia_160

O motivo da violência

Por LUIZ HORÁCIO

Resenha de “Literatura, violência e melancolia”, de Jaime Ginzburg

Joubert e sua coleira

Por JOSÉ CASTELLO

Volto sempre, como um vício benigno, aos Pensamentos de Joseph Joubert, que leio em uma edição de bolso da Edhasa, […]

Juremir Machado da Silva. Foto: Divulgação

No fim do mundo com Houellebecq

Por RODRIGO CASARIN

Resenha de “Um escritor no fim do mundo”, de Juremir Machado

Mario_Levrero_160

Como nos desenhos animados

Por ARTHUR TERTULIANO

Resenha de “Deixa comigo”, de Mario Levrero

Monteiro Lobato por Ramon Muniz

Sempre contemporâneo

Por RODRIGO GURGEL

“Negrinha” é exemplo da literatura clássica, bem-humorada, fluida e precisa de Monteiro Lobato