157

Vargas Llosa e Euclides da Cunha: confluências (6)

Por RINALDO DE FERNANDES

Euclides da Cunha, sabe-se, revisou sua interpretação inicial do conflito quando esteve em Canudos. Para a ensaísta Sara Castro-Klaren, em […]

Literatura do subúrbio do mundo?

Por JOÃO CEZAR DE CASTRO ROCHA

Estratégias, não essências No artigo deste mês, proponho ao leitor uma reflexão que permita resgatar afinidades estruturais caracterizadoras da circunstância […]

Ilustração: Theo Szczepanski

O crânio de Castelao

Por RASCUNHO

Possidónio Cachapa e Xavier Queipo assinam os novos capítulos do folhetim

Marianne Moore. Foto: Divulgação

Marianne Moore hoje

Por JOSÉ CASTELLO

“O poema de Marianne Moore me leva a pensar no quanto o silêncio é ruidoso, no quanto ele transborda em significados.”

Certa fidelidade ao sentido profundo

Por EDUARDO FERREIRA

Não sei se seria certo dizer que traduzir é buscar fidelidade ao sentido profundo do texto. Sendo o sentido profundo […]

Ilustração: Marco Jacobsen

Motivo

Por LUCIANO TRIGO

quatro poemas escritos como se eu fosse mulher  1. Anoitece. A chuva e o vento deixam a alameda alagada e […]

Ilustração: Hallina Beltrão

Leão-marinho encalhado

Por ROGÉRIO PEREIRA

Encontramos o pai estirado no chão de terra. A boca virada para baixo. A poeira aspirada com sofreguidão. O corpo […]

affonso-romano-de-santanna

Pesquisa sobre a evolução literária no Brasil

Por LUIZ BRAS

Escritores comentam o atual momento da literatura brasileira

Isabel Coelho

Ousadia premiada

Por GUILHERME MAGALHÃES

Um livro de contos cujo título tem 60 palavras. Um romance juvenil contado por múltiplas vozes narrativas, todas de garotos […]

João do Rio por Fábio Abreu

Canalhice e afetação

Por RODRIGO GURGEL

A correspondência de uma estação de cura, de João do Rio (pseudônimo de Paulo Barreto), obra publicada em 1918, pertence […]

Otto Maria Carpeaux por Ramon Muniz

Uma fuga kafkiana da Europa

Por ALBERT VON BRUNN

“Kauka… Como é o nome? Kauka! Muito prazer.”[1] Este diálogo um tanto esquisito deu-se em Berlim, no Romanisches Café, durante […]

ensaios

Ensaios de simplicidade e refinamento

Por LUIZ HORÁCIO

David Hume une sensibilidade estética e crítica com a profundidade da reflexão filosófica