149

Roland Barthes. Foto: Reprodução

A suavidade do escuro

Por JOSÉ CASTELLO

“Também os artistas são vítimas de suas obras. Também eles não as suportam. Também eles se assustam com os dejetos que cospem para fora de si.”

Os caboclos

Por ALBERTO MUSSA

Nos manuais e compêndios de história da literatura brasileira, quando aparece alguma referência a Valdomiro Silveira, vem ele quase sempre […]

Ilustração: Theo Szczepanski

Na beira do rio não havia Brastemp

Por ROGÉRIO PEREIRA

“Tenho uma cicatriz na perna direita. E preciso consertar a máquina de lavar roupas.”

Flávia Lins e Silva

Viagens e descobertas

Por GUILHERME MAGALHÃES

Entrevista com a autora infanto-juvenil Flávia Lins e Silva

Ana Martins Marques, autora de "Da arte das armadilhas"

Uma coisa pequena, fugaz

Por RASCUNHO

A curiosidade sobre aquilo que poderia escrever e o encontro com poemas que sobrevivem e surpreendem seu próprio olhar — […]

mar_historias_8_149

Mar de histórias

Por RASCUNHO

“Minha indicação não é de um livro, mas de uma coleção — Mar de histórias: Antologia do conto mundial foi […]

Ilustração: Bruno Schier

A ensaísta que não se cala

Por SERGIO VILAS-BOAS

  Em 1996 iniciei pesquisa de mestrado sobre biografias e biógrafos. Não havia bibliografia ampla e confiável em língua portuguesa […]

Jennifer Egan. Foto: Divulgação

O registro provocado do tempo

Por FABIO SILVESTRE CARDOSO

Original e provocativa, Jennifer Egan enuncia os problemas de nosso tempo e os dramas contemporâneos

Javier Cercas. Foto: Divulgação

A regra do jogo

Por FERNANDA VILAR

      :: Por Fernanda Vilar e João Augusto Aidar Filho Javier Cercas é um dos escritores espanhóis mais lidos […]

Ilustração: Theo Szczepanski

O agente secreto

Por MARTIM VASQUES DA CUNHA

    For perverse unreason has its own logical processes. Joseph Conrad You hide, they seek. Thomas Pynchon Ele sabe […]

“O nosso sistema econômico só torna as pessoas cada vez mais otárias. E a literatura faz com que elas sejam menos otárias, e quanto mais você questiona a literatura que lê, menos otário fica.”

Marcia Tiburi

Por PAIOL LITERÁRIO

“Nada [substitui a leitura], porque só a leitura e a escrita é que nos dão a dimensão da experiência vivida das outras coisas.”