137

Poemas de Horacio Preler

Por HORACIO PRELER

­­Tradução: Ronaldo Cagiano Símbolos Um estrangeiro percorre as ruas de uma cidade desconhecida. O mistério termina nos estranhos labirintos. Os […]

Ronaldo Correia de Brito é o convidado de Paiol Literário na Bienal de Pernambuco

Vidraça_setembro_2011

Por LUÍS HENRIQUE PELLANDA

  Editoras comemoram O Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel) publicou recentemente os resultados da pesquisa O comportamento do […]

Sobre tradução e extensões de sentido

Por EDUARDO FERREIRA

A literatura opera, em parte, na extensão dos sentidos da palavra. Tirá-la do campo do comum para sacralizá-la, imortalizá-la em […]

Dois amigos, dois arbustos

Por ROGÉRIO PEREIRA

Triste de quem não conserva nenhum vestígio da infância. Mario Quintana Nunca mais o vi. Por onde andará? Quando me […]

O erotismo na poesia de Ana Peluso (1)

Por RINALDO DE FERNANDES

A paulistana Ana Peluso mantém um blog e, até onde sei, tem dois livros de poemas inéditos. Um dos pontos […]

Reflexões sobre as antigas reflexões sobre o conto (1)

Por LUIZ BRAS

O mundo dos vivos é sempre matizado, jamais em preto-e-branco. O pessoal da área de humanas percebeu isso milênios atrás […]

Ilustração: Tereza Yamashita

Meditações de um não-leitor

Por JOSÉ CASTELLO

Volto de Londres e, na correspondência acumulada em meu escritório, encontro uma carta de Lygia Bojunga enviada justamente da capital […]

Ilustração: Rettamozo

O Diário de Nohara (2)

Por FERNANDO MONTEIRO

“A luz incomoda. Bananas e peles negras suadas, entre recortes contrastados em linhas retas e curvas. Europeus apertam os olhos […]

Diários de viagem ou Esta noite não durmo

Por CLAUDIA LAGE

Duas horas da madrugada, terça-feira Ontem fui ao centro da cidade. Fiquei lá, vasculhando os sebos. Saí de mãos vazias. […]

Hepatite, leitura e amizade

Por AFFONSO ROMANO DE SANT'ANNA

25.07.1988 Em casa de Tônia Carrero outro dia (apesar da hepatite, com licença/autorização do Pedro Henrique de Paiva, almoço de […]

Rapsódia torta

Por LUIZ HORÁCIO

A presença marcante da primeira pessoa em alguns tipos de narrativas — autobiografia, confissões, diários, memórias — permite ao autor […]

Jose_Cardoso_Pires_137

O fio da navalha

Por PATRICIA PETERLE

Relatos de desocupados e uma escritura que se coloca num entre lugar, entre surrealismo e neo-realismo, caracterizam os contos do […]