131

Carta a Milton Hatoum

Por DOMINGOS PELLEGRINI

Milton Hatoum, mais uma vez aconteceu de, depois de uma palestra, um desses leitores minuciosos me perguntar por que, na […]

Literalmnete_Gutenberg_MJ_131

Literalmente_março_2011

Por MARCO JACOBSEN

HQ_RM_131

HQ_março_2011

Por RAMON MUNIZ

Sobre escrituras budistas e tradução

Por EDUARDO FERREIRA

Havia-me comprometido, colunas atrás, a falar sobre tradução e budismo. As grandes religiões, assim como as grandes literaturas, muito devem […]

O bordel de Gutenberg

Por ROGÉRIO PEREIRA

A vida é uma sucessão de equívocos. Um amontoado de mal-entendidos. O estrondo da segunda lâmpada seguida comprovou a necessidade […]

Exemplo de boa crítica universitária (2)

Por RINALDO DE FERNANDES

Luiz Antonio Mousinho, no ensaio A imagem de si mesmo: narrativa, dialogismo, intersubjetividade, constante do livro Intérpretes ficcionais do Brasil: […]

Sopro fresco

Por MARCOS PASCHE

A mudança é um nutriente imprescindível para o avanço da marcha humana. Os conflitos na família, os reveses no trabalho […]

Ricardo Daunt, autor de Migração dos cisnes

Diálogo de três mundos

Por MAURÍCIO MELO JÚNIOR

Há escritores que se impõem, para começar um romance, um trabalho minucioso e preciso para primeira frase, a primeira palavra. […]

Um único discurso do início ao fim

Por CIDA SEPULVEDA

Resenhar sem criticar é omitir o crítico que há no leitor. Resenho criticando, pois leio criticando. Não se trata de […]

Markus Orths, autor de A camareira

Somos todos loucos

Por ADRIANO KOEHLER

                  Markus Orths é um perturbado mental, ainda que não seja louco. […]

NDIAYE

Subproduto de Kafka

Por LUIZ HORÁCIO

            Quando foi que começou? Dessa forma, Marie Ndiaye dá início ao longo e repetitivo […]

Guerra, futebol e literatura

Por LUIZ BRAS

Onze homens treinados e uniformizados entram em campo e se preparam para enfrentar outros onze homens igualmente treinados e uniformizados. […]