Tudo é narrativa

701

Elza e Elke

Por Tércia Montenegro

O que liga uma fotógrafa paraense e uma artista visual paranaense

Siri Hustvedt

O outro que me habita

Por Tércia Montenegro

Siri Hustvedt joga com dúvidas acerca da unidade que constituiria um indivíduo

Tercia_Montenegro_foto_227

Brennand

Por Tércia Montenegro

Na Oficina de Francisco Brennand tudo é primoroso e interessante

Ilustração: Reno

Sobre fotos e farsas

Por Tércia Montenegro

Na série “Desconstruindo Osama”, o trabalho de Joan Fontcuberta seduz pela inteligência e humor

Ilustração: Vitor Vanes

Ter ou não ter

Por Tércia Montenegro

Façamos como Lina Meruane: vamos nos voltar para a figura da mulher

Ilustração: FP Rodrigues

O demônio favorito

Por Tércia Montenegro

“Diários”, de Sylvia Plath, levam o leitor à intimidade, ao interior do pensamento privado, sem disfarce ficcional

Ilustração: Eduardo Souza

Paradisus, do Helle

Por Tércia Montenegro

A morte nas folhas acontece de modo limpo, delicado e poético — não há nada grotesco nessa existência que desaparece pela gradual mudança de cor, pela água que se evapora e deixa um corpo crepitante, quebradiço, esfarelável

Ilustração: Isadora Machado

Cada uma de nós

Por Tércia Montenegro

Vocês, leitores do Rascunho, já conhecem o trabalho de Regina Dalcastagné, que desde 2005 investiga o perfil médio do escritor brasileiro

Ilustração: Igor Oliver.

Elliott e Fulvio

Por Tércia Montenegro

Erwitt talvez seja lembrado por muitos como “o fotógrafo dos cachorros”. O seu livro pela coleção Photo Poche ressalta no prefácio este aspecto, pelo recorrente tema

Ilustração: Mariana Fujsawa.

O coração e a serpente

Por Tércia Montenegro

São tantos os quereres, que parece impossível evitar a tentação em alguma medida

Ilustração: Igor Oliver

A verdade flutuante

Por Tércia Montenegro

Existe, afinal, algum tipo de ficção que assombra o relato histórico de maneira inerente mesmo, constitutiva? Será totalmente utópico pensar num relato que não contenha qualquer forma de invenção?

Ilustração: Eduardo Souza

História das almas que se atrasam

Por Tércia Montenegro

Essa história — presente em algum filme cujo nome escapa — eu ouvi do Gentil Barreira, no dia em que ele me convidou para integrar um projeto fotográfico