Palavra por palavra

Ilustração: Thiago Lucas

A luta verbal

Por RAIMUNDO CARRERO

Revolta, racismo, ironia e melancolia na obra de Lima Barreto

Ilustração: Tereza Yamashita

O narrador pede desculpas e muda

Por RAIMUNDO CARRERO

Com desculpa ou sem desculpa, o narrador mudou.

O feijão e o sonho

O feijão e o sonho

Por RAIMUNDO CARRERO

Qual é o papel da literatura neste momento?

fernanda-montenegro

E a literatura?

Por RAIMUNDO CARRERO

O escritor deve estar sempre combatendo, ou em posição de combate, pronto para a luta

Lima Barreto, autor de Recordações do Escrivão Isaías Caminha

Manifesto Brasil

Por RAIMUNDO CARRERO

A literatura como forma de resistir à barbárie

Ilustração: Carolina Vigna

Os caminhos da literatura

Por RAIMUNDO CARRERO

Como se observa, não se escreve apenas por escrever, para fazer bonito perante a sociedade, é preciso ter um projeto de obra, mesmo que seja para provocar esta mesma sociedade, mesmo que ela não concorde.

Ilustração: Thiago Lucas

Para que serve a literatura?

Por RAIMUNDO CARRERO

Muita gente assegura que o escritor brasileiro não tem muitos leitores, mas é ingenuidade. Ninguém escreve para milhares de leitores, escreve para o leitor

Ilustração: Tereza Yamashita.

Ficção não é mentira. É ficção

Por RAIMUNDO CARRERO

Ficção não é mentira. É outra verdade

Ilustração: Matheus Vigliar

Dois começos para o Velho e o mar

Por RAIMUNDO CARRERO

O leitor desavisado pode dizer: “Mas é a mesma coisa”

Ilustração: Tereza Yamashita

Literatura engajada no Brasil

Por RAIMUNDO CARRERO

Antonio Callado e as injustiças sociais do Brasil

Ilustração: Carolina Vigna

Um romance em transe

Por RAIMUNDO CARRERO

“Dom Casmurro” é um romance escrito em transe

Ilustração: Tereza Yamashita.

Sofisticação com simplicidade

Por RAIMUNDO CARRERO

Estudar a técnica não é experimentalismo, mas a afirmação de um momento genial do criador