Entrevistas

Caetano_Galindo_foto_Cristovão_Tezza_241

Nós, os canibais

Por JOÃO LUCAS DUSI

Caetano Galindo fala sobre seu mais recente livro, cujo conteúdo foi readaptado de sua primeira coletânea de histórias breves

Edimilson de Almeida Pereira, autor de Poesia +

Um ato radical

Por ROGÉRIO PEREIRA

Perplexo diante de um Brasil em ebulição, Edimilson de Almeida Pereira reúne na antologia “Poesia +” parte de sua produção dos últimos 30 anos

Francisco JC_Dantas_foto_Acrisio_Siqueira_239

Um artesão à deriva

Por LUIZ REBINSKI

O sergipano Francisco J. C. Dantas fala sobre seu novo livro, “Uma jornada como tantas”, e de como é criar uma obra “regionalista” em meio a um mundo cada vez mais urbano e conectado

Ines_Pedrosa_3_foto_Alfredo_Cunha_238

Várias vidas numa só

Por ÁLVARO ALVES DE FARIA

Com serenidade e impaciência, a portuguesa Inês Pedrosa segue produzindo em meio à barbárie

Djaimilia Pereira de Almeida_foto_1_Humberto Brito_238

Alegrias inusitadas

Por JOÃO LUCAS DUSI

“Luanda, Lisboa, Paraíso,” de Djaimilia Pereira de Almeida, narra a saga de um pai e seu filho em busca da felicidade possível

Jarid Arraes, autora de As lendas de Dandara

Eu não sou sozinha

Por Antonio Munró Filho

Obra de Jarid Arraes é soco no estômago do preconceito em tempos de “meninos vestem azul e meninas vestem rosa”

Martin Puchner_2_236

A literatura resiste à vida

Por KÁTIA BANDEIRA DE MELLO-GERLACH

Em “O mundo da escrita,” Martin Puchner reescreve a história da literatura universal e contagia o leitor com seu otimismo

Contardo Calligaris, autor de Cartas a um jovem terapeuta

A língua que habito

Por Iara Machado Pinheiro

O psicanalista e escritor italiano Contardo Calligaris fala sobre sua relação com a escrita e a literatura — e como essas atividades o ajudam a explorar a complexidade humana

Paulo Scott, autor de Marrom e amarelo

Uma aventura pelo país-cilada

Por JOÃO LUCAS DUSI

Em “Marrom e amarelo”, Paulo Scott explora a mentalidade escravagista que ainda prevalece no Brasil

Magdalena-Edwards_1

A verdadeira Clarice

Por David Shook

A tradutora Magdalena Edwards fala sobre a experiência de verter Clarice Lispector para o inglês

Luís Bueno acaba de receber o Prêmio Biblioteca Nacional por Paradeiro, seu romance de estreia

“Todo lugar é lugar de se morrer”

Por JOÃO LUCAS DUSI

No romance “Paradeiro”, Luís Bueno elabora um mosaico narrativo, com diferentes vozes, em que os personagens vivem situações-limite

Sérgio Sant’Anna, autor de Amazona

Meio século contra a mesmice

Por Jonatan Silva

Em 50 anos de vida literária, Sérgio Sant’Anna construiu uma obra plural e ampliou as fronteiras do conto