Ensaios e Resenhas

Paulo Scott, autor de Garopaba monstro tubarão

Labirinto do agora

Por Leandro Reis

Os poemas de “Garopaba monstro tubarão”, de Paulo Scott, expõem a violência e a incomunicabilidade do Brasil contemporâneo

Ilustração: Carolina Vigna

Entre laranjas e pirambeiras

Por LUCIANA VIÉGAS

Memórias de uma tradutora brasileira em Zurique

Donizete_Galvao_2_234

Poeta ao rés do chão

Por RAFAEL ZACCA

“O antipássaro” insere-se na tradição poética urbana, em que a cidade é representada como uma “segunda natureza”

Busto de Maria Firmina, autora de Úrsula

Icônica e desconhecida

Por HENRIQUE MARQUES SAMYN

Mesmo celebrada como primeira romancista negra do Brasil, Maria Firmina dos Reis e seu romance mais célebre, Úrsula, seguem pouco discutidos

Orides Fontela, autora de Teia

Além é o país do acolhimento

Por WLADIMIR SALDANHA

Coletânea de entrevistas, depoimentos e prosa inédita redimensiona as relações entre a personalidade de Orides Fontela e a recepção de sua obra

Eucanaã Ferraz, autor de Retratos com erro

Poesia como estratégia de sobrevivência

Por Tomaz Amorim Izabel

Em “Retratos com erro”, Eucanaã Ferraz transforma a violência em fábula para falar sobre questões sociais e existenciais

James Baldwin_1_234

Documental e urgente

Por YURI AL'HANATI

James Baldwin constrói um libelo contra a injustiça racial em “Se a rua Beale falasse”, romance que se mostra atual após mais de quatro décadas

Garth Greenwell, autor de O que te pertence

Amor impossível

Por Antonio de Medeiros

“O que te pertence”, de Garth Greenwell, narra a conturbada e obsessiva relação de um professor com um garoto de programa

Foda_livros

Sobre palavrões, livros e ombreiras

Por Antoine Abed

Uma reflexão sobre a moda dos palavrões nos títulos de livros

Adrienne_Rich_233

Alteridade e compaixão

Por Daniel Falkemback

“Que tempos são estes” aborda a condição da mulher e antecipa temas como questões de gênero

Seneca_233

O poder e o abismo

Por CLAYTON DE SOUZA

A tênue fronteira entre o poder e o arbítrio alicerçam a tragédia “Tiestes”, de Sêneca

Júlia Lopes de Almeida, autora de A falência

Sob o olhar delas

Por Iara Machado Pinheiro

Júlia Lopes de Almeida traz para o primeiro plano personagens femininas em uma narrativa sobre a derrocada de um burguês do século 19