Ensaios e Resenhas

Ensaio Fotográfico

A pontualidade e o fatalismo

Por KÁTIA BANDEIRA DE MELLO-GERLACH

Homenagem ao gaúcho Rubem Mauro Machado, morto no início de fevereiro

Guilhermino César

Sem nunca viver

Por RODRIGO GURGEL

O romance Sul, do mineiro Guilhermino César, traz um protagonista atormentado que se embrenha num caminho de ilusão

Paulo Henriques Britto, autor de Nenhum mistério

Cântico ao coaching

Por MARCOS PASCHE

Poemas de Nenhum mistério, novo livro de Paulo Henriques Britto, celebram a crueza do real

William Gaddis , autor de The recognitions

Dos reconhecimentos possíveis

Por ANDRÉ DE LEONES

Inédito no Brasil, o romance “The recognitions”, de William Gaddis, traz diversos personagens em situações hilariantemente absurdas

Robert_Musil_2_225

Ensaio sobre a indefinição

Por Alan Santiago

As reflexões de “O homem sem qualidades”, do austríaco Robert Musil, continuam essenciais para a nossa época

Aline Bei, autora de O peso do pássaro morto.

Delicado e incisivo

Por LUIZ PAULO FACCIOLI

No premiado “O peso do pássaro morto”, Aline Bei utiliza linguagem poética para discutir valores morais caros à humanidade

Tiago Ferro, autor de O pai da menina morta

O autor e suas dobras

Por Guilherme Mazzafera

“O pai da menina morta”, de Tiago Ferro, transita no espaço liminar entre sonho e realidade

Mircea Cartarescu, autor de Nostalgia

Geografia transcendente

Por Luis S. Krausz

Prosa do romeno Mircea Cartarescu recupera a dimensão mítica da consciência e constrói mundos próprios

Luiz Felipe Leprevost, autor de Tudo urge no meu estar tranquilo

Insurgências da poesia na cidade

Por Cristiano de Sales

Poemas de Luiz Felipe Leprevost evidenciam o desequilíbrio das forças que nos cercam e (des)unem

Henrik Ibsen , autor de Espectros

A liberdade na ribalta

Por Helena Carnieri

Quatro peças de Henrik Ibsen salientam sua defesa do livre pensamento e das mulheres

Helio_Polvora_3_224

Um gole de vinho

Por RODRIGO CASARIN

“Como morrem os nossos escritores”, de Hélio Pólvora, explora os bastidores da literatura

Alberto da Cunha Melo, autor de Poesia completa

O olhar reinventado

Por PERON RIOS

Com linguagem sofisticada, poemas de Alberto da Cunha Melo reproduzem a realidade por meio de imagens e símbolos