Ensaios e Resenhas

Olga Tokarczuk_3_237

Seja bem-vinda, Olga

Por LUIZ PAULO FACCIOLI

“Sobre os ossos dos mortos”, de Olga Tokarczuk, mostra a potência literária da ganhadora do Nobel

Ilustração: Conde Baltazar

Um poeta entre vulcões

Por Iván Carvajal

Os poemas equatorianos de João Cabral de Melo Neto, reunidos em “Viver nos Andes”, apresentam imagens concretas e concisas

Jason Tércio, autor de Em busca da alma brasileira

Mário e seu contraponto

Por Maria Eugenia Boaventura

“Em busca da alma brasileira”, de Jason Tércio, comete deslizes histórico-factuais ao mapear a trajetória de Mário de Andrade

J. H. Rosny Aîné, autor de A morte da Terra

Geração Homer Simpson

Por CAROLINA VIGNA

Com brilho e talento inigualáveis, livro de J. H. Rosny Aîné anuncia a morte da humanidade

Cláudia Laje, autora de O corpo interminável

Corpos solitários

Por Faustino Rodrigues

“O corpo interminável”, de Claudia Lage, evoca a angústia e o mistério que permearam a ditadura militar — e ainda ecoam

Alexei Bueno, autor de Cerração

Modos de romper a névoa

Por WLADIMIR SALDANHA

Em “Cerração”, Alexei Bueno remira as perdas e o envelhecimento aliando motivos clássicos à poesia de circunstância

Samir Machado de Machado, autor de Tupinilândia

Tupinilândia é aqui

Por Daniel Falkemback

Em novo romance, Samir Machado de Machado apresenta um parque de diversões entre o passado e o presente do Brasil

Delacroix_artigo

O Delacroix de Chelsea

Por Ary Quintella

Um almoço em Londres, que poderia ter dado muito errado, abriu portas para o passado, presente e futuro

Machado de Assis por Fabio Abreu

Olhares sobre o Bruxo

Por Marcos Hidemi de Lima

As variadas óticas de contemporâneos e pósteros expressam que Machado de Assis foi tão plural quanto sua obra literária

o corvo

Faltou atenção

Por Paulo Henriques Britto

Resposta de Paulo Henriques Britto à resenha “O corvo revisitado”, de Paulo Franchetti

Álvaro Cunqueiro_2_236

A fantástica memória

Por Jocê Rodrigues

O galego Álvaro Cunqueiro foi um dos pilares do estilo que se consolidou como o Realismo Mágico latino-americano

Maria Cecilia Brandi

Anatomia poética

Por Cristiano de Sales

“A esponja dos ossos”, de Maria Cecilia Brandi, extrai poesia da carne ordinária