Ensaios e Resenhas

Milan_Kundera_209

A multiplicidade da leveza e do riso

Por VIVIAN SCHLESINGER

Milan Kundera é capaz de unir em sua ficção ensaio irônico, narrativa, fragmentos autobiográficos, fatos históricos, arroubos de fantasia

Michel Laub, autor de O Tribunal da Quinta-Feira

Maturidade transviada

Por Jonatan Silva

Em “O tribunal da quinta-feira”, Michel Laub toca em feridas ainda não cicatrizadas e questões mal resolvidas

Antonio_Prata_209

As dores e as alegrias

Por GISELE BARÃO

“Trinta e poucos”, de Antonio Prata, é uma homenagem à crônica ao abordar o nascer, crescer e envelhecer

Sérgio Buarque de Holanda, autor de Raízes do Brasil

Quimera autoritária

Por RODRIGO GURGEL

Sérgio Buarque de Holanda, no clássico “Raízes do Brasil”, parte de falsas premissas e observa mal o mundo à sua volta

Thiago Barbalho, autor de Um homem bom

Falsa bondade

Por Carla Bessa

“Um homem bom”, de Thiago Barbalho, aborda a questão do mal em nome do bem

Laura_Erber_1_209

A forma deformada

Por RAFAEL ZACCA

Os poemas de “A retornada”, de Laura Erber, parecem dignificar a experiência traumática

M_A_Amaral_Rezende_Mulheres_Passagem_208

Contos, talvez, sobre mulheres

Por ANDRÉ ARGOLO

Novo livro de M. A. Amaral Rezende é um amontoado de textos que se repetem; e nada mais

Afonso Cruz, autor de Flores

A solidão do esquecimento

Por GABRIELA SILVA

“Flores” é construído a partir da crise de um relacionamento e da necessidade da memória como resgate da identidade

Laurent_Binet_3_208

À procura da linguagem

Por Daniel Falkemback

Em novo romance, Laurent Binet nos apresenta uma narrativa policialesca e filosófica sobre Barthes e suas relações

Robson Viturino, autor de Do outro lado do rio

Sempre o mesmo rio

Por CLAUDIA NINA

Em “Do outro lado do rio”, situações opacas dos personagens possibilitam várias leituras da sociedade contemporânea

Márcio-André, autor de Leonardo contra Paris

Cidades partidas

Por HARON GAMAL

Entre Paris e São João do Meriti, personagem se vê duplicado num jogo entre a vida real e a virtual

Vicente Franz Cecim, autor de K O escuro da semente

O olhar mágico

Por EDSON CRUZ

A aventura literária de Vicente Franz Cecim, o poeta gnóstico da Amazônia brasileira