Ensaios e Resenhas

Rimbaud

Abandonado pelo universo

Por ANDITYAS SOARES DE MOURA

Correspondência de Rimbaud poderia valer como uma biografia do poeta francês

Arthur Schnitzler

Os tempos de Schnitzler

Por SERGIO VILAS-BOAS

Num relato pessoal para a New Yorker, George Steiner escreveu: “O século 20, tal como o vivemos no Ocidente, é, […]

antonio_tabucchi_132

Modus operandi

Por PATRICIA PETERLE

O texto tabucchiano apresenta-se como um emaranhado, envolvente e fascinante para o leitor

Adolfo Caminha por Robson Vilalba

Subliteratura e vingança

Por RODRIGO GURGEL

A obra do cearense Adolfo Caminha só confirma minhas conclusões de que os frutos do naturalismo brasileiro — essa “planta […]

Magnífico trabalho

Por LUIZ HORÁCIO

Fenomenologia da obra literária, de Maria Luiza Ramos, chega a sua quarta edição com uma mudança de orientação. Onde antes […]

Valter Hugo Mãe por Ana Pereira

Carinho e porrada

Por LUIZ GUILHERME BARBOSA

Portugal chega às livrarias brasileiras com muita timidez. Prêmios norteiam a escolha das publicações e, apesar de reconhecerem muitas vezes […]

(Re)criação do mundo

Por FRANCINE WEISS

O sexo vegetal, de Sérgio Medeiros, esteve entre os dez finalistas da última edição do prêmio Jabuti, na categoria poesia. […]

Conto ou crônica?

Por PAULO KRAUSS

Vou morar numa égua. Cansei dessa vida de apartamento. A idéia não é original. Vou imitar o protagonista de Beleza, […]

Miguel Sanches Neto por Hugo Harada

Entre oito e oitenta

Por MARCOS PASCHE

A crítica literária, quando realizada com seriedade, é uma tarefa bastante árdua, como o são todos os ofícios desempenhados com […]

Apesar de você

Por VILMA COSTA

O livro Fora de mim, de Martha Medeiros, traz uma discussão já bem conhecida do grande público: o rompimento de […]

Macedonio com Borges

Por LUIS OTHONIEL

Tudo começa com duas citações que se espelham. A primeira é da autobiografia humorística de Macedonio Fernández (1874-1952), em Papeles […]

retumb

O matador do romance

Por FLÁVIO ILHA

Esqueçam tudo o que vocês aprenderam ou leram e enquadraram na categoria de “romance”. A palavra, por si só, não […]