VIVIAN SCHLESINGER

Leonardo Brasiliense, autor de Roupas sujas.

As perdas no varal

Por VIVIAN SCHLESINGER

A prosa de “Roupas sujas”, de Leonardo Brasiliense, é limpa, cristalina e objetiva

Patrick_Deville_214

Dois homens, duas revoluções

Por VIVIAN SCHLESINGER

“Romances sem ficção” de Patrick Deville trazem Trótski e Alexandre Yersin como personagens impressionantes

Milan_Kundera_209

A multiplicidade da leveza e do riso

Por VIVIAN SCHLESINGER

Milan Kundera é capaz de unir em sua ficção ensaio irônico, narrativa, fragmentos autobiográficos, fatos históricos, arroubos de fantasia

Georges_Simenon_206

A doce face da violência

Por VIVIAN SCHLESINGER

Em quase 500 romances publicados, Georges Simenon executou com maestria a linguagem contida que esconde fortes emoções

Primo Levi in Turin, 1985

O número 174517

Por VIVIAN SCHLESINGER

As perguntas de Primo Levi continuam sem resposta, mais relevantes do que nunca

thomas_mann_197

A exuberante travessia

Por VIVIAN SCHLESINGER

A obra de Thomas Mann está profundamente marcada pela existência burguesa alemã e a ânsia por uma vida sensual e artística

Nathanael West, autor de O dia do gafanhoto

Pilha de sonhos no lixão

Por VIVIAN SCHLESINGER

Em “O dia do gafanhoto”, de Nathanael West, Hollywood é cenário que esconde a sucata de todos os sonhos

javiercercas

Eu fui você, ontem

Por VIVIAN SCHLESINGER

Em “O impostor”, Javier Cercas reescreve uma biografia usando a ficção como memória

Arnon Grunberg por Ramon Muniz

Paternidade: modo de usar

Por VIVIAN SCHLESINGER

Em “Tirza”, de Arnon Grunberg, um pai fracassa sucessivamente no amor pela filha

Arnon Grunberg, autor de Tirza

As feridas de Grunberg

Por VIVIAN SCHLESINGER

Entrevista com o holandês Arnon Grunberg, autor do romance “Tirza”

Tailor Diniz, autor de Em linha reta

Pesadelo compartilhado

Por VIVIAN SCHLESINGER

Ao usar recursos de vários gêneros literários, Tailor Diniz mantém o leitor seguro sob as rédeas do suspense

Fania_S_Benchimol_Alice-2013_187

O bueiro como rota de fuga

Por VIVIAN SCHLESINGER

Crônicas de Fania Benchimol levam Alice, de Lewis Carroll, para as ruas do Rio de Janeiro