Simples só na aparência

Por Rodrigo Tadeu Gonçalves

A linguagem clara e os versos livres longos são a marca de “Cabeça de Antígona”, de Patricia Porto