RAIMUNDO CARRERO

Uma prosa bela, densa e iluminada

Por RAIMUNDO CARRERO

Por uma destas trapaças do destino literário — naturalmente provocada pelos equívocos de nossa política editorial —, o grego Nikos […]

Nossos ossos agora estão nus e expostos

Por RAIMUNDO CARRERO

É uma epopéia? É um romance? Uma novela? Um conto? Não, não é nada disso, é apenas um texto longo, […]

Sobre livros e edifícios

Por RAIMUNDO CARRERO

Enquanto escrevia Ao farol, Virginia Woolf lia, com entusiasmo e carinho, os primeiros volumes de Em busca do tempo perdido, […]

César Aira. Foto: Divulgação

As questões de César Aira

Por RAIMUNDO CARRERO

Não é incomum encontrar críticos e resenhistas que se mostram desnorteados diante da obra do argentino César Aira. Na verdade, […]

Quando os personagens deixaram de ser deuses

Por RAIMUNDO CARRERO

Ao descobrir a psicologia dos personagens, Dostoiévski percebeu que ali estava o caminho da grande literatura. Por isso, em carta […]

Todo o ser está envolvido

Por RAIMUNDO CARRERO

Se há uma escritora cuja obra exige mais do que conhecimentos da arte, da construção ou do artesanato de seus […]

james_joyce

A leve neve de Joyce

Por RAIMUNDO CARRERO

Raimundo Carrero discute duas traduções de “Os mortos”

banner_fitzgerald

Para sempre bela e maldita

Por RAIMUNDO CARRERO

Raimundo Carrero defende que a grandeza de Fitzgerald está em sua opção frívolo

"Sempre tive para mim que a forma artística deve ecoar as questões do conteúdo que, por assim dizer, conforma."

Romance para ser falado

Por RAIMUNDO CARRERO

Antonio Geraldo apostou no impossível e conseguiu trazê-lo para as páginas de seu livro

Os olhares ainda se voltam para Helena

Por RAIMUNDO CARRERO

Existem mesmo cinco razões que levam uma pessoa a ler a Ilíada em pleno século 21, com nosso erotismo superexposto, consumismo […]

Feita de sangue e de palavras

Por RAIMUNDO CARRERO

Construir uma obra poética é profundamente doloroso e inquietante. Ocupa uma vida inteira com marcas e cicatrizes. Nem sempre oferece […]

José Lins do Rego por Fábio Abreu

O lugar que Zé Lins precisa ocupar

Por RAIMUNDO CARRERO

Afinal, qual é a verdadeira importância deste escritor para a nossa literatura?