JOSÉ CASTELLO

Ilustração: Dê Almeida

Paulo com febre

Por JOSÉ CASTELLO

Para Paulo Mendes Campos, os livros servem como um espelho: ao falar de um livro, é de si mesmo, sempre, que ele acaba por falar

Ilustração: Hallina Beltrão

A armadura da técnica

Por JOSÉ CASTELLO

Manuel Bandeira precisou se desfazer de suas couraças para escrever

Ilustração: FP Rodrigues

A dúvida de Defoe

Por JOSÉ CASTELLO

Espanta-nos, ainda hoje, o constrangimento de Defoe diante da revelação de sua “mentira”

Ilustração: Dê Almeida

Sabato e o homem sensível

Por JOSÉ CASTELLO

A importância de se ler o argentino Ernesto Sabato

Franz Kafka

Kafka dormindo

Por JOSÉ CASTELLO

Estou sempre a reler, com o mesmo espanto, os sonhos de Franz Kafka

Anton Tchekhov

Do que fugir?

Por JOSÉ CASTELLO

Tão importantes quanto as coisas que fazemos são aquelas que não fazemos. Que — para nos proteger e para chegar […]

O argentino Ricardo Piglia

Onde está a realidade?

Por JOSÉ CASTELLO

Alunos e leitores estão sempre a me perguntar a respeito das relações e dos limites entre a ficção e a […]

Ilustração: Tiago Silva

Notas de aeroporto

Por JOSÉ CASTELLO

Estou sempre a anotar. Faço isso também, talvez com mais avidez, quando viajo. É uma maneira de demarcar meu território. […]

Goethe_182

Goethe para internautas

Por JOSÉ CASTELLO

Em um vão de minha biblioteca, em um desses acasos que sempre me guiam, encontro um exemplar dos Escritos sobre […]

A morte do autor

Por JOSÉ CASTELLO

Ouvi, em uma mesma semana, duas histórias que me assombraram. Histórias relatadas como verdadeiras — e não tenho por que […]

Zygmunt Bauman por Dê Almeida

Bauman e os escritores

Por JOSÉ CASTELLO

Laços secretos unem a literatura à sociologia. Irmãs muito próximas, elas têm, porém, uma relação muito difícil.

Literatura e acaso

Por JOSÉ CASTELLO

Em entrevista ao Rascunho, edição de novembro último, o escritor Carlos de Brito e Mello — um dos mais brilhantes […]