HARON GAMAL

Márcio-André, autor de Leonardo contra Paris

Cidades partidas

Por HARON GAMAL

Entre Paris e São João do Meriti, personagem se vê duplicado num jogo entre a vida real e a virtual

Paulo Rosenbaum, autor de Céu subterrâneo

Estado de sítio

Por HARON GAMAL

“Céu subterrâneo” mescla à narrativa o mistério inerente à religião e personagens históricos e célebres da cultura judaica

Antonio Risério, autor de Que você é esse?

As cores do camaleão

Por HARON GAMAL

“Que você é esse?”, de Antonio Risério, funciona como uma espécie de novela de formação do Brasil

Flávio Izhaki, autor de Tentativas de capturar o ar

Três autores e um destino

Por HARON GAMAL

“Tentativas de capturar o ar”, de Flávio Izhaki, discute o universo editorial e a literatura contemporânea

Digo Rosas G. autor de Até você saber quem é

O demônio em Curitiba

Por HARON GAMAL

Em diálogo com “Grande sertão: veredas,” livro de estreia de Diogo Rosas G. é um interessante passeio pela vida cultural dos anos 1990

Leonardo Villa-Forte, autor de O princípio de ver histórias em todo lugar

A saída possível

Por HARON GAMAL

Para suportar a solidão, personagem de “O princípio de ver histórias em todo lugar” aposta tudo na criação literária

Andre_de_Leones_195

Subterrâneos

Por HARON GAMAL

“Abaixo do paraíso”, de André de Leones, percorre o submundo da política brasileira

Igor Dias, autor de Dinamarca

A carta de Copenhague

Por HARON GAMAL

“Dinamarca”, de Igor Dias, é composto por cinquenta contos, cuja marca principal é a diversidade

Sheyla Smanioto, autora de Desesterro

Quatro geografias

Por HARON GAMAL

“Desesterro”, de Sheyla Smanioto, busca inovações na linguagem em trama entre o sertão e a violência urbana

Miguel Del Castillo, autor de Restinga

O mar interminável

Por HARON GAMAL

Os contos de “Restinga”, de Miguel Del Castillo, têm em comum o tema — a quebra e a perda das relações familiares

Luize Valente, autora de Uma praça em Antuérpia

A mesma praça

Por HARON GAMAL

Uma praça em Antuérpia, de Luize Valente, é um romance de fundo histórico para quem apenas quer passar o tempo

“Ué, guria, pra onde tu vai?”

Por HARON GAMAL

Volto semana que vem, de Maria Pilla, recupera a memória da família, dos amigos e do Brasil