GISELE BARÃO

Antonio_Prata_209

As dores e as alegrias

Por GISELE BARÃO

“Trinta e poucos”, de Antonio Prata, é uma homenagem à crônica ao abordar o nascer, crescer e envelhecer

Daniel Galera, autor de Meia-noite e vinte

Geração transformada

Por GISELE BARÃO

“Meia-noite e vinte”, de Daniel Galera, é um retrato das relações atravessadas pela tecnologia e pelo pessimismo

patti_smith_2_200

Um café para Patti Smith

Por GISELE BARÃO

“Linha M” é um relato grandioso da vida íntima da artista, com reflexões sobre a passagem do tempo, sonhos e memórias

Carol Bensimon_2_196

Cidades e gerações em ruínas

Por GISELE BARÃO

Em “Uma estranha na cidade”, a gaúcha Carol Bensimon reflete sobre nostalgia, cultura e desenvolvimento urbano

Paulo_Scott_193

Um escritor solitário e eufórico

Por GISELE BARÃO

“O ano em que vivi de literatura” narra a história de um homem apaixonado pelos excessos

Luci Collin, autora de Nossa Senhora D’Aqui

Painel barulhento

Por GISELE BARÃO

Com narrativa fragmentada, a paranaense Luci Collin fala do corriqueiro e da memória familiar

Beatriz Bracher, autora de Anatomia do Paraíso

Viver um livro

Por GISELE BARÃO

“Anatomia do Paraíso” fala de uma paixão pela literatura, mas também de uma obsessão

Etgar Keret, autor de Sete anos bons

Descrever o mundo

Por GISELE BARÃO

Em seu primeiro livro de não-ficção, Etgar Keret utiliza humor e sensibilidade para tornar a vida menos assustadora

Ngũgĩ Wa Thiong’o, autor de Um grão de trigo.

Terra sem heróis

Por GISELE BARÃO

Em Um grão de trigo, Ngũgĩ Wa Thiong’o relata período de crise antes da independência do Quênia

David Grossman

Neste mundo não há cercas

Por GISELE BARÃO

David Grossman retrata a insegurança e a formação da identidade durante a infância e a adolescência

Ishmael Beah, autor de O brilho do amanhã

Heranças da guerra

Por GISELE BARÃO

O brilho do amanhã discute tradições e a reconstrução da vida em uma cidade devastada por conflitos