EDUARDO FERREIRA

Lutero tradutor e reformador da língua

Por EDUARDO FERREIRA

Não queria voltar ao tema, mas volto. Tradução e religião parecem dois termos imbricados de uma maneira inseparável. A tradução […]

Segundo Ricoeur, a língua tem propensão ao “enigma, ao artifício, ao hermetismo, ao secreto”

Paul Ricoeur sobre a tradução

Por EDUARDO FERREIRA

  Não é nova a imbricação entre filosofia e tradução. E entre filósofos e tradutores. Paul Ricoeur é mais um […]

Como obter um critério infalível de tradução

Por EDUARDO FERREIRA

Um dos vários problemas do processo tradutório é a falta de base de comparação. Não havendo essa base, é forte […]

Na frieza, o maior engano do tradutor

Por EDUARDO FERREIRA

Tradução é risco. Inegável. É terreno de inúmeras dúvidas e uma certeza incômoda: a certeza de errar. Traduzindo, erra-se sempre. […]

A tradução como relação e miscigenação

Por EDUARDO FERREIRA

Antoine Berman foi um dos autores que enfatizaram o aspecto relacional da tradução: ela é relação ou não é nada. […]

Tradução como sobrevivência do original

Por EDUARDO FERREIRA

Existe um paradoxo quase evidente na tradução: o original, considerado hierarquicamente superior, tem na tradução a única possibilidade de sobrevivência. […]

Umberto Eco e a tradução como negociação

Por EDUARDO FERREIRA

Umberto Eco não é nenhum novato nas lides da tradução. Traduziu, foi traduzido, refletiu e escreveu sobre tradução. Dire presque […]

Desvios, o outro nome da tradução

Por EDUARDO FERREIRA

Não há como prever os rumos esquivos que tomam os textos, nesses fluxos caóticos de idéias e palavras que se […]

O original cala, a tradução fala

Por EDUARDO FERREIRA

Vaidade das vaidades é perseguir o sentido final das palavras, aquilo que indica a significação de cada termo. Essa vaidade […]

Trajetórias ditosas de erros de tradução

Por EDUARDO FERREIRA

Não são raros, na longa história das traduções, os erros que fecundaram textos, produzindo resultados inesperadamente interessantes. Não se trata […]

http://lifeofliterature.tumblr.com/page/76

A tradução e o desnudamento do texto

Por EDUARDO FERREIRA

“Tecidos que se fundem num conjunto novo e vibrante — dependente, sim, do original, mas que vai além dele.”

Sobre uma antiga tradução de Petrônio

Por EDUARDO FERREIRA

Satyricon, de Petrônio, é certamente uma aventura tradutória, que muitos já afrontaram. Em muitas épocas, lugares e línguas. Inclusive, claro, […]