EDSON CRUZ

Vicente Franz Cecim, autor de K O escuro da semente

O olhar mágico

Por EDSON CRUZ

A aventura literária de Vicente Franz Cecim, o poeta gnóstico da Amazônia brasileira

ANTIDOTO – 3º SEMINARIO INTERNACIONAL DE ACOES CULTURAIS EM ZONAS DE CONFLITO

Sergio Vaz

A poesia que vem das ruas

Por EDSON CRUZ

Sérgio Vaz assume voz lírica e pungente em “Flores de alvenaria”, sem perder a contundência

Ana Elisa Ribeiro, autora de Xadrez

Sem salto alto

Por EDSON CRUZ

“Xadrez” revela um olhar descontraído e coloquial sobre o cotidiano de uma mulher contemporânea e independente

A poeta Orides Fontela

O enigma desvendado

Por EDSON CRUZ

Reportagem biográfica e obra reunida revelam toda a complexidade da poesia e da sofrida vida de Orides Fontela

Nuno Ramos, autor de Sermões

O espreitador amoral

Por EDSON CRUZ

Em “Sermões”, Nuno Ramos radicaliza ainda mais a escrita e o alargamento de gêneros

Ilustração: Bruno Schier

A gravidade sem peso

Por EDSON CRUZ

O escritor contemporâneo deve ter um plano de voo com uma estrutura leve como a ossada de um passarinho

Adriano Espínola, autor de Escritos ao sol

Poeta da luminosidade

Por EDSON CRUZ

Escritos ao sol, de Adriano Espínola, revela-nos um poeta solar e curtido pelo tempo

EUCANAA FERRAZ

O fotógrafo de miudezas

Por EDSON CRUZ

Escuta, de Eucanaã Ferraz, exige do leitor uma escuta acurada da poesia estranha que há no mundo

Ruy Espinheira Filho

Tesouro de ausências

Por EDSON CRUZ

“para onde vamos é sempre ontem” é uma sensível antologia poética e temática da obra de Ruy Espinheira Filho

Mário de Andrade por Vitor Vanes

Mário de Andrade e o brasileiro essencial

Por EDSON CRUZ

Macunaíma visava ultrapassar o abismo entre a cultura letrada e a cultura popular oral

Fernando Paixão, autor de Porcelana invisível

Dedilhando o vazio nos bolsos

Por EDSON CRUZ

Porcelana invisível, de Fernando Paixão, apresenta a perplexidade diante do enigma do mundo