Mover-se sem descanso

Por Ana Luiza Rigueto

Em “Desterro”, de Camila Assad, as mulheres se movem na parte invisível das cidades