Robert Walser / Jugendbildnis - - Walser, Robert

Robert Walser

Por ROBERT WALSER

Apresentação, seleção e tradução: André Caramuru Aubert   W. G. Sebald dizia que a literatura de língua alemã da qual […]

Fantasminha camarada

Por ADRIANO KOEHLER

Em um teatro histórico, Socorro Acioli conta duas belas histórias de amor

JOSE_LUIZ_PASSOS_ensaio_Machado_CVM_166 cópia cópia

Machado de Assis e a imaginação do mal

Por JOSÉ LUIZ PASSOS

Trecho do livro inédito de José Luiz Passos

Pedro Juan Gutierrez. Foto: Divulgação

Trilogia suja de Havana

Por RASCUNHO

Otavio Linhares indica o livro do cubano Pedro Juan Gutiérrez

Culturas shakespearianas (final)

Por JOÃO CEZAR DE CASTRO ROCHA

Shakespeare e relações triangulares Na última coluna, anunciei o tema deste mês: o exame das inúmeras triangulações que formaram o […]

Reminiscências das leituras de Machado e Azevedo

Por EDUARDO FERREIRA

Reboa fortemente — excesso dos excessos — a cristalinidade do original. Nada mais límpido e imediatamente identificável à mente sã. […]

Antonio Prata. Foto: Divulgação

De lado para o mundo

Por YASMIN TAKETANI

Quando criança, não muito distante do nível do chão, Antonio Prata levantava os tacos soltos do piso de casa com […]

Antonio Prata. Foto: Divulgação

O pior período da vida

Por PERON RIOS

Com muito humor, “Nu, de botas” abre as janelas da infância, por onde se infiltram os desajustes do mundo e sua truculência

Alice Munro. Foto: Divulgação

A casa de Alice

Por KELVIN FALCÃO KLEIN

  Estamos aqui reunidos para celebrar, relembrar, rever e repensar o Prêmio Nobel de Literatura dado a Alice Munro em […]

Prateleirinha_165

Por RASCUNHO

Contos de Shakespeare Charles e Mary Lamb Ilustração: Weberson Santiago Trad.: Mario Quintana Globo Livros 358 págs. Publicados em 1807, […]

Fernando_Vilela_165

Outros mares

Por YASMIN TAKETANI

    É curioso que apesar da extensa produção – são mais de sessenta livros ilustrados – cuja marca é […]

Ilustração: Rafa Camargo

Ivone Benedetti

Por IVONE BENEDETTI

Pombas! Nas telhas urdidas o dia lacrimoso aplica um espelho. E sobre a placa brilhante está uma pomba a cochilar. […]